DEFINIÇÃO DE ESPAÇO CONFINADO

De acordo com o PPR da Fudacentro (baixe aqui o PPR)  para trabalhos em atmosferas deficientes de oxigênio somente podem ser selecionados respiradores de adução de ar (ar mandado). O item 5.2.2 do PPR – Respiradores para uso em espaços confinados do Programa de proteção respiratória diz que:

Espaço confinado é qualquer área ou ambiente não projetado para ocupação humana contínua que possua meios limitados de entrada e saída e cuja ventilação existente seja insuficiente para remover contaminantes ou onde possa existir a deficiência ou enriquecimento de oxigênio.

Geralmente é um espaço fechado, como uma câmara, tanque, silo, poço, galeria de esgoto, uma pequena sala com acesso limitado e com troca de ar inadequada. O espaço confinado não precisa ser necessariamente fechado em todos os lados. Nele, pode-se criar perigo à vida por causa:

  1. a) de liberação súbita de substâncias perigosas em altas concentrações;
  2. b) de ocorrência de deficiência de oxigênio por causa do aumento da concentração de gases asfixiantes ou não;
  3. c) pelo simples ato de respirar das pessoas presentes.

Os trabalhos em espaços confinados devem obedecer à Norma Regulamentadora 33. A porcentagem de oxigênio em um espaço confinado pode aumentar perigosamente em operações como as que utilizam maçaricos do tipo oxi-gás, com risco de explosão. Os espaços confinados são a causa de numerosas mortes e de sérias lesões.

Qualquer espaço confinado com menos que 20,9% de oxigênio, portanto, deve ser considerado IPVS, a menos que a causa da redução do teor de oxigênio seja conhecida e controlada. Esta restrição é imposta porque qualquer redução do teor de oxigênio é, no mínimo, uma prova de que o local não é adequadamente ventilado.

Pode ser permitida a entrada sem o uso de respiradores em espaço confinado que contenha de 19,5% (ppO2 = 148 mmHg) até 20,9% (ppO2 = 159 mmHg) em volume de oxigênio ao nível do mar e que não contenha contaminantes tóxicos acima do limite de exposição somente quando:

  1. a) forem tomadas as precauções detalhadas na NR33;
  2. b) for conhecida e entendida a causa da redução do teor de oxigênio;
  3. c) se tem certeza de que não existem áreas mal ventiladas nas quais o teor de oxigênio possa estar abaixo da referida faixa. Não se conhecendo a causa do baixo teor de oxigênio, ou se ela não for controlada, a atmosfera do espaço confinado deve ser considerada IPVS e somente deverá ser utilizada a máscara autônoma de demanda com pressão positiva, com peça facial inteira ou um respirador de linha de ar comprimido. Esse equipamento engloba uma máscara para proteção total do rosto que impede o contato do ar contaminado com as vias respiratórias, olhos e pele dos profissionais que estiverem no local de demanda com pressão positiva, com peça facial inteira combinado com cilindro auxiliar para fuga.

Para conhecer mais detalhes técnicos da NR 33 baixe o Guia Técnico da NR 33, do MTE / Fundacentro.

 

LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE AR MANDADO

Preocupada em atender esse tipo demanda de prestadores de serviços e indústrias em geral por equipamentos de ar mandado (máscaras autônomas e também linha de ar) a Breathe investiu em uma linha completa de equipamentos para locação. São máscaras autônomas (conjunto autônomo), painel filtrante, máscaras e mangueiras (conjunto de ar mandado) e outras soluções como carrinho de suprimento de ar e unidade móvel de ar respirável. Seja qual for a sua aplicação com uso de proteção respiratória dedicada a Breathe está pronta para atender a sua demanda.

Os equipamentos de ar mandado se utiliza de um sistema purificador de ar responsável por remover água, óleo, poeiras e outros aerossóis prejudiciais ao trato respiratório. Nossos equipamentos atendem a legislação vigente, como o Programa de Proteção Respiratória da Fundacentro e a ABNT NBR 12543:2017 – Ar Respirável “Grau D”.

 

VANTAGENS DA LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS DE AR MANDADO

A locação de equipamentos de ar mandado possui algumas vantagens quando comparada a compra:

  1. Economia de investimento em equipamentos que muitas vezes serão utilizados por curtos períodos. Isso possibilita o empresário focar investimentos na sua atividade fim;
  2. Custo zero com manutenção;
  3. Permite a máxima produtividade com entrega em um tempo mínimo para o início da obra;
  4. São entregues sob medida para a sua demanda;
  5. Permite o cliente testar os equipamentos antes do investimento na compra;
  6. Podem ser entregues com treinamento dedicado;
  7. Transfere para a locadora a responsabilidade por entregar os equipamentos adequados para cada aplicação cumprindo a legislação mais recente e com o melhor custo-benefício.

 

Mais Informações em: 
Telefone: (11) 2577-0249
WhatsApp: (11) 98693-3343
contato@breathe.com.br
www.breathe.com.br