Atmosfera IPVS

Os valores de Imediatamente Perigoso a Vida e a Saúde (IPVS) são valores utilizados pelo Instituto Nacional de Saúde e Segurança Ocupacional (NIOSH) como critérios de respiração que foram desenvolvidos em meados da década de 1970. A fundamentação dos parâmetros estabelecidos para que uma determinada substância ou atmosfera seja classificada como imediatamente perigoso à vida ou à saúde (IPVS) são compilações dos fundamentos e fontes de informação utilizadas pela NIOSH durante a determinação original de 387 valores teóricos anteriores.

Atmosfera IPVS

Qualquer atmosfera que apresente algum risco imediato a saúde ou a vida do trabalhador é considerada imediatamente perigosa a vida ou a saúde (atmosfera IPVS).

A Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho – FUNDACENTRO – estabelece no Programa de Proteção Respiratória (PPR) que um local é considerado atmosfera IPVS quando ocorre qualquer uma das seguintes situações:

a) a concentração do contaminante é maior que a concentração IPVS, ou suspeita-se que esteja acima do limite de exposição IPVS; ou

b) é um espaço confinado com teor de oxigênio menor que o normal (20,9% em volume), a menos que a causa da redução do teor de oxigênio seja conhecida e controlada; ou

c) o teor de oxigênio é menor que 12,5%, ao nível do mar; ou

d) a pressão atmosférica do local é menor que 450 mmHg (equivalente a 4.240 m de altitude) ou qualquer combinação de redução na porcentagem de oxigênio ou redução na pressão que leve a uma pressão parcial de oxigênio menor que 95 mmHg.