Respiradores de linha de ar comprimido em plantas de óleo e gás

oleo_e_gas

A área de óleo e gás apresenta desafios permanentes para a equipe técnica da Breathe.  Quase todas as situações são especiais e precisam obedecer a padrões e  normas exigentes.  Por isso, o uso de respiradores de linha de ar comprimido em plantas de óleo e gás é uma tarefa que exige a atenção de uma empresa dedicada como a Breathe.

Locação de máquinas e equipamentos de ar respirável. Unidade Móveis, fixas e portáteis.

Locação de máquinas e equipamentos de ar respirável. Unidade Móveis, fixas e portáteis.

A presença de gases tóxicos e/ou inflamáveis nos processos de refino e processamento de derivados criam situações de risco a saúde e a vida humana. Além dos riscos conhecidos do monóxido de carbono (CO), explosividade (LEL % VOl.), níveis baixos de oxigênio (%Vol.) e o sulfeto de hidrogênio (H2S), existem muitos vapores orgânicos como a névoa de óleo dos compressores, o benzeno (C6H6), n-hexano (CH3(CH2)4CH3), xileno (C8H10) e o tolueno (C7H8) que oferecem riscos ocupacionais.

Além disso, o gás cloro (Cl2), a amônia (NH3) e alguns produtos sulfurados estão presentes em processos específicos e podem oferecer diversos riscos. São ambientes complexos, com uma infinidade de trabalhos em espaço confinado, atmosferas IPVS e atmosferas inertizadas.

O know how da Breathe se estende da geração do ar comprimido, passa pelo tratamento e purificação dos gases, controle de situações críticas como falta de energia e nuvens de gases chegando até o monitoramento fisiológico dos trabalhadores envolvidos nessas tarefas. Isso faz da Breathe uma empresa única.

Para todos esses riscos com uso de respiradores de linha de ar comprimido em plantas de óleo e gás, a Breathe, possui sensores sofisticados capazes de detectar concentrações muito menores que os limites ocupacionais exigem, com confiabilidade, repetibilidade e resolução.